Em uma crise econômica, como esta que estamos passando no momento atual, o sonho de recuperação judicial e extrajudicial de muitas empresas e negócios não fluíram como planejados.

Acontece que, muitos empreendedores vitimados, seja parcial, ou completamente atingidos pela paralisação de suas atividades, se veem assombrados pelas dificuldades financeiras e pela falência.

Para combater esse episódio, a recuperação judicial é uma ferramenta jurídica que pode ser utilizadas não somente por grandes corporações, mas também por micro e pequenas empresas (em regime especial).

Essa ferramenta atua reorganizando os setores econômicos, administrativos e financeiros de uma empresa, podendo ser feita com, ou sem, a mediação da Justiça para que não resulte na falência. Essa estratégia é uma das melhores, e mais eficazes para salvar empresas endividadas, em especial, todas que estão sendo atingidas pelo COVID-19.

É importante salientar, que o devedor/empreendedor pode solicitar em seu plano a redução dos valores devidos e dos juros incidentes, bem como o alongamento de prazos para pagamentos das dívidas.

Mesmo pouco utilizadas, essa recuperação ainda é um instrumento que permite a salvação de empresas.

 

#Direito #Escritorioadvocacia #OAB #Advocacia #Advogada #Estudantededireito #Juridico #DireitoCivil #DireitoTrabalhista #Constitucional #DireitoAdministrativo #DireitoFamilia #GuardaCompartilhada #GuardaFilhos

EXPERTISES

Áreas de Atuação

VÍDEOS

FIQUE POR DENTRO E RECEBA ATUALIZAÇÕES

YouTube Instagram Facebook LinkedIn